Notícia




Entrevista de Natal - Prefeito de Poloni


Entrevista de Natal - Prefeito de Poloni



Rinaldo Escanferla (Curimba)
Prefeito de Poloni

Em um ano marcado pela crise financeira, o prefeito Curimba comemora o sorteio das unidades habitacionais da CDHU e como a maior necessidade ainda é moradia, conseguiu junto ao secretário de Habitação, Marcos Penido, mais 100 casas para Poloni. O ano também ficou marcado por várias obras em andamento.

Jornal A Voz do Povo: Como o senhor avalia este ano de governo?

Curimba: Para Poloni em parte de arrecadação, FPM, foi um desastre, pois a receita foi menor que as despesas. O FPM judiou muito dos municípios, principalmente, nós pequenos que depende FPM e ICMS. Em relação a convênios do Governo Estadual foi positivo, conseguimos trocar frota, maquinário e fizemos muitas obras.

Jornal A Voz do Povo: Qual a maior dificuldade encontrada?

Curimba: Arrecadação, teve muita queda.

Jornal A Voz do Povo: Quais principais conquistas ao longo do ano?

Curimba: Sorteio das casas e como já disse anteriormente conseguimos esse ano maquinários novos, ônibus escolares novos, estamos construindo o CRAS, estamos construindo mais um prédio ao lado do pronto socorro para melhor atender a população, reformamos o pronto socorro, colocamos mais médicos, fizemos mais um anexo a escola municipal Luiz Antonio Poloni Rizzato e melhoramos também muito a educação. Recapeamos muitas ruas da cidade, fizemos a pavimentação de todo o mini distrito. Conseguimos ambulâncias novas. E demos início na reforma do paço municipal.

Jornal A Voz do Povo: Em sua opinião, qual é a maior necessidade do município hoje? Está tomando alguma providência nesse sentido?

Curimba: Fizemos casas populares mas ainda a maior necessidade é na área da habitação, tanto que já ganhamos do secretário Marcos Penido, mais 100 casas e estamos atrás do terreno para que possamos construir. E arrecadação que está um desastre, precisamos melhorar a arrecadação.

Jornal A Voz do Povo: Está conseguindo cumprir tudo o que planejou?

Curimba: Sim. Esse ano tudo que prometemos estamos cumprindo, a única coisa que não estamos conseguindo cumprir é, devido à queda de arrecadação, fazer o pagamento aos fornecedores nos dias corretos.

Jornal A Voz do Povo: Considerações finais...

Curimba: Gostaria de agradecer muito ao governador Geraldo Alckmin, aos deputados federais Nelson Marquezelli, Eleuses Paiva, Edinho Araújo e aos deputados estaduais Roque Barbieri, Itamar Borges, Orlando Bolçone, Sebastião Santos, Edemir Chedid, Carlão Pignatari e Fernando Capez.

Todos os funcionários da prefeitura, todos os vereadores e funcionários da câmara municipal e a toda a população. Nossos fornecedores que aguentaram o rojão e foram companheiros.

Feliz natal e próspero ano novo e que no ano que vem esperamos que as coisas melhorem na arrecadação para poder fazer festa de fim de ano para a população.