Notícia




Prefeito empossado de Poloni fala sobre seus planos


Prefeito empossado de Poloni fala sobre seus planos



No último dia 02 de março foi empossado como prefeito de Poloni, o então vice, Antônio José Passos, em virtude da cassação do prefeito Rinaldo Escanferla.

Nesta semana, nossa reportagem esteve no gabinete do prefeito de Poloni para saber sua postura frente ao executivo municipal.

Confira a entrevista:

Jornal A Voz do Povo – Como foi assumir a prefeitura desta forma atípica?
Antônio José –
Realmente, situação que não é confortável para nenhum município, mas estava previsto nas minhas atribuições como vice. Por isto, assumo com a mesma convicção de um mandato inteiro, pois sou filho de Poloni, e tenho certeza que posso realizar um grande trabalho ainda que seja em um período tão curto, pois empenho e seriedade não vão faltar.

Jornal A Voz do Povo - Você já conseguiu se inteirar da real situação da prefeitura?
Antônio José –
Parcialmente, estou implantando a minha equipe de trabalho, dentro do quadro disponível e principalmente verificando a situação financeira, para poder planejar o período restante, pois esta é uma área crucial da administração, e tudo será feito com a devida austeridade.

Jornal A Voz do Povo – Qual sua primeira atitude como prefeito?
Antônio José –
Ouvir os funcionários, estou chamando um por um, para ter uma ideia do todo. Também pretendo motivá-los para poder implantar meu jeito de governar. Em termos de obras, não temos muito tempo, mas vamos adequar a Praça para o resgate da Festa das Nações, dar continuidade nas obras já em andamento, como a reforma da UBS, a construção da Creche Escola e a construção de 16 casas populares, além de agilizar a emenda parlamentar em curso de R$ 500 mil reais, para reforma do Centro Comunitário... Mas reitero que a principal meta é equilibrar a gestão administrativa do município.

Jornal A Voz do Povo - Qual a maior dificuldade encontrada?
Antônio José –
A princípio é a situação financeira, para poder cumprir em dia com fornecedores e a folha de pagamento, pressuposto básico em qualquer administração. Outra dificuldade é o quadro funcional e suas atribuições, que precisa de readequação, o que espero resolver no máximo 40 dias.

Jornal A Voz do Povo – Quais suas prioridades?
Antônio José –
Administrar bem os recursos que temos, e meus propósitos são vários, como resgatar nossas festas populares, como a Festa das Nações, a festa junina e nosso réveillon. Recuperar as estradas municipais castigadas pela chuva, as pontes. A manutenção da frota, inclusive já mandamos para o conserto uma pá carregadeira e vamos reformar o caminhão basculante. Na saúde quero vou me atentar ao atendimento de remédios de alto custo e a farmácia popular, pois estes tem que ser entregues aos pacientes, que não podem ficar a mercê deste ou daquele, alegando falta de documentação. Também quero investir na 3ª Idade e junto com o setor social proporcionar mais cursos e atividades. Estamos contratando um novo coordenador do esporte, devido a fatalidade que aconteceu com o Batata, e esta contratação está vinculada a manter nossas crianças e adolescentes ocupados, oferecer novas oportunidades através do esporte. Também pretendo informatizar o sistema de requisições e pedidos de compras da prefeitura e reformar o paço municipal. Obviamente, sei que é muita coisa mas são metas que vou buscar incansavelmente.

Jornal A Voz do Povo – Sabemos que é pouco tempo, 10 meses, mas o senhor tem algum sonho que pretende realizar para seu município?
Antônio José -
Meu maior sonho é reconquistar a confiança e credibilidade em que é possível termos uma gestão pública que possa dar orgulho a todos os cidadãos polonienses. Espero contar com a compreensão e o apoio de toda população, da Câmara de Vereadores e de todos, que como eu se orgulham em ser poloniense.

A posse

A Posse aconteceu na quarta-feira, dia 02 de março na Câmara Municipal com a presença de todos os vereadores e de parte da comunidade local.

O presidente da Câmara destaca que foi uma solenidade rápida, para cumprir a determinação judicial. Três vereadores fizeram uso da palavra, entre ele Jesus Ferreira de Freitas que destacou as mudanças na área política e resumiu o desejo de todos, “Que Deus abençoe até o término do mandato”.


Fotos