Notícia




Cidades da região aderem a campanha “Vacina Contra a Fome”


Cidades da região aderem a campanha “Vacina Contra a Fome”



No último dia 31 de março, o Governo do Estado de São Paulo lançou a campanha “Vacina Contra a Fome”. Desenvolvida pela Secretaria de Desenvolvimento Social com participação da Secretaria da Comunicação, a ação convida cada pessoa apta a se vacinar contra a COVID-19 a doar um quilo de alimento não perecível nos municípios participantes. Sete cidades da nossa região já aderiram.

O objetivo da campanha é beneficiar famílias carentes e com déficit nutricional durante o enfrentamento da pandemia do coronavírus. Até o momento, sete municípios da nossa região aderiram à campanha, são eles: Floreal, Macaubal, Magda, Monções, Nova Luzitânia, Poloni e União Paulista.

Nas cidades participantes, são instalados pontos de arrecadação nos postos de vacinação contra a Covid-19. A doação é voluntária e não obrigatória, mas caso a pessoa possa e deseja participar, recomenda-se a doação de alimentos não perecíveis como: arroz, feijão, macarrão, óleo vegetal, e leite em pó, prioritariamente, entre outros, que compõe a cesta básica.

Os itens arrecadados deverão ser distribuídos para famílias mais vulneráveis do território, assim como em maior insegurança alimentar e nutricional.



Poloni

O município de Poloni aderiu à campanha “Vacina Contra a Fome” na última quinta-feira, 08/04, dia em que também foram iniciadas as arrecadações de alimentos no Posto de Saúde com a participação de agentes de saúde, que orientam a vacinação contra a Covid-19 e com isso também auxiliam e orientam as pessoas quanto a doação.

“A doação não é obrigatória, mas o pessoal tem feito de coração. Já arrecadamos muitos quilos de arroz, feijão, macarrão e litros de óleo”, afirma a presidente do Fundo Social de Solidariedade de Poloni, Andréia Fachini Brait.

A campanha vai continuar por todo o período de vacinação e os alimentos arrecadados serão enviados ao Fundo Social do município. “Essa alimentação recebida aqui é destinada ao Fundo Social, que destina as famílias com vulnerabilidade. Com essa alimentação, também estamos servindo marmitas, tudo feito pelo Fundo Social, hoje (09/04) entregamos 142 marmitas”, destaca Andréia.


Fotos